segunda-feira, 2 de maio de 2011

PREGAÇÕES EVANGELISTICAS


QUANDO BUSCAMOS CRESCIMENTO ESPIRITUAL 
      DEUS ENTRA COM PROVIDÊNCIAS.


1. QUANDO BUSCAMOS CRESCIMENTO ESPIRITUAL, ELE NOS FAZ VER QUE É PRECISO EXPANDIR - vs. 1.

O cristão e a igreja que estão buscando crescimento espiritual sentem que não devem nem podem se acomodar, pois o nosso espaço sempre será pequeno.
A Bíblia nos ensina em Isaías 54.2-3: "Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas. Porque transbordarás para a direita e para a esquerda".

2. QUANDO BUSCAMOS CRESCIMENTO ESPIRITUAL, ELE DÁ A DIREÇÃO - v. 2.
Alguns cristãos pensam que hoje em dia Deus não mais dá a direção particular às igrejas ou aos cristãos; que Ele não mais nos diz o que deve ser feito.
Quantos não estão enganados achando que devem trilhar caminhos próprios sem depender exclusivamente de Deus. Tornam-se auto-suficientes profissionais e acabam se esquecendo o que a Bíblia diz em João 3.27 e Tiago 1.17 (por exemplo).

3. QUANDO BUSCAMOS CRESCIMENTO, ELE PREPARA UM INSTRUTOR - vs. 3.
Moisés instruiu Josué; Elias instruiu Eliseu; Paulo instruiu Timóteo; Jesus instruiu os discípulos.
4. QUANDO BUSCAMOS CRESCIMENTO ESPIRITUAL, ELE NOS LEVA À DIMENSÃO DOS MILAGRES - v. 6.
Para o aprendiz de profeta que derrubou o ferro do machado na água, ali era o fim de seu ministério profético, entretanto, para Deus ali começava uma vida de milagre. O ponto final do homem é o ponto de partida de Deus.
CONCLUSÃO:
Se buscarmos crescimento espiritual, Deus mostrará que é preciso expandir (pois o espaço pequeno); Ele nos dará a direção do que deve ser feito e, se isso não bastasse, Ele nos preparará um instrutor e nos levará a uma vida onde milagres acontecem.



ENCONTRO COM DEUS - 
PREGAÇÕES EVANGELICAS
Lucas 7.11-17 
FELIZ É AQUELE QUE TEVE UM ENCONTRO REAL COM JESUS.
- Pois, num encontro com Jesus recebe-se dádivas maravilhosas:


1. RECEBE-SE A GRAÇA E A COMPAIXÃO DE DEUS ("Não chores")
- Antes éramos inimigos de Deus (Romanos 5.10);
- Em Cristo, ficamos em paz com Ele (Romanos 5.1);
- E, agora, podemos receber toda sua graça e compaixão;


2. RECEBE-SE UM COMANDO DE VITÓRIA SOBRE A MORTE ("Levante-te")
- Antes éramos escravos do pecado (por mais que lutássemos, não podíamos vencer nossos
vícios e fraquezas);
- Nosso fim era a morte;
- Mas, neste encontro, verdadeiramente Jesus nos libertou de um modo que ninguém
jamais poderia ter-nos libertado: Libertou-nos do poder do pecado e da morte.


3. RECEBE-SE A RESTITUIÇÃO DO QUE SE HAVIA PERDIDO ("e Jesus o restituiu a sua mãe")


Conclusão
Por receber a graça e a compaixão de Deus, um comando de vitória sobre a morte e o pecado e por receber a restituição do que sem havia perdido, quem tem um encontro real com Jesus
é uma pessoa realmente feliz.


PREGAÇÕES EVANGELICAS
O TEU DEUS... ELE TE LIVRARÁ
Daniel 6

Tema Específico: Os efeitos da fidelidade.
O CRENTE FIEL DESPERTA NAS PESSOAS AO SEU REDOR
UMA GENUÍNA ESPERANÇA EM DEUS.
O rei Dario esperava salvar seu amigo (vs 14), mas, não conseguiu. Foi a fidelidade de Daniel que despertou em seu coração uma genuína esperança em Deus (vs 16), quando todas as suas esperanças se revelaram falsas esperanças:

1) ERA FALSA A SUA ESPERANÇA EM SEU PODER PESSOAL
Ele era o homem mais poderoso do mundo em sua época, no entanto, nem mesmo seu imenso poder foi capaz de salvar seu amigo.

Querer é poder?

2) ERA FALSA A SUA ESPERANÇA NO PODER DO TEMPO
O rei tentou ganhar tempo, mas o tempo não foi capaz de salvar seu amigo.

Tudo se resolve com o tempo? 
3) ERA FALSA A SUA ESPERANÇA NO PODER DO SISTEMA
Ele tentou "mexer os pauzinhos", tentou usar o sistema que ele mesmo havia criado e sustentava, mas nem o sistema ou as "brechas do sistema" puderam salvar seu amigo.

Podemos confiar cegamente em nossos sistemas (financeiro, social, filosófico, pessoal, etc.)?

Após todas estas decepções, o rei diz para o seu amigo: "Daniel, meu amigo, eu não posso te salvar, mas tenho certeza que o teu Deus te livrará"


CONCLUSÃO
Quando morrem as falsas esperanças, as pessoas que vivem ao redor dos crentes fiéis aprendem a colocar a sua esperança em Deus.



SER SERVO DO
TODO PODEROSO - 
PREGAÇÕES EVANGELICAS
João 12.26

Tema Específico: Servir a Deus é um privilégio.

SERVIR A DEUS É UM DOS MAIORES PRIVILÉGIOS
QUE UM SER HUMANO PODE TER NA VIDA.

Além dos tesouros eternos que ajunta para si, o homem que se propõe servir a Deus goza de muitos PRIVILÉGIOS. Preste bem atenção neste versículo bíblico:

1) UM SERVO DE JESUS É TAMBÉM SEU SEGUIDOR (Discípulo) 
"Se alguém me serve, siga-me". 
Esta primeira parte da frase de Jesus fala-nos do grande privilégio de sermos seus seguidores, discípulos.


2) UM SERVO DE JESUS GOZA DA SUA PRESENÇA CONSTANTE 
"E onde eu estiver, ali estará também o meu servo". 
Esta outra parte fala do privilégio da presença de Jesus em nossas vidas, pois, se o seguirmos (bem de perto), onde Ele estiver nós também estaremos. É claro! Aleluia.


3) UM SERVO DE JESUS É HONRADO POR DEUS PAI 
"E, se alguém me servir, meu Pai o honrará". 
E esta parte final da frase fala de um privilégio inigualável, pois, se para nós é tão importante sermos honrados por outros seres humanos, imagine o que significa para um filho de Deus ser honrado pelo próprio Deus. UAUUU!!!


CONCLUSÃO 
É ... ser um discípulo de Jesus, gozar de sua presença constante e ser honrado por Deus Pai, sem nenhuma sombra de dúvida, são os maiores privilégios que um ser humano pode ter na vida. Será que serve?


SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS - PREGAÇÕES EVANGÉLICAS
Hebreus 13.7-17 
Tema Específico: O coração do crente.

Afirmação Teológica: 
Uma das maiores verdades deste texto bíblico é a seguinte: 
O CRISTÃO VERDADEIRO TEM UM CORAÇÃO DE OURO.

- Seu coração tem qualidades especiais. Seu coração é... 
1. UM CORAÇÃO FIRMADO NA PALAVRA DE DEUS – vs 7-9.
Seu coração não fica oscilando de um lado para outro.
è Ele se lembra do exemplo e imita a fé dos primeiros cristãos – vs 7.
è Ele crê que Jesus Cristo é o mesmo (e, é claro, sua doutrina também não muda).
è Ele não se deixa envolver com doutrinas várias e estranhas.
è Ele sabe que o que vale é o coração estar confirmado com graça (e não com alimentos).
2. UM CORAÇÃO PREOCUPADO COM O CÉU – vs 14.
Seu coração sabe que aqui não há cidade permanente para os crentes.
è Ele marcha em direção à cidade que há de vir. 

3. UM CORAÇÃO QUE FAZ SACRIFÍCIOS QUE AGRADAM A DEUS – vs 15-16. 
Seu coração quer agradar a Deus...
è Com sacrifícios de louvor (que é o fruto de lábios que confessam o seu nome).
è Com sacrifícios de boas obras.
è Com sacrifícios de mútua cooperação.

4. UM CORAÇÃO QUE RESPEITA SEUS PASTORES – vs 17. 
Seu coração é respeitoso.
è Ele obediência seus pastores.
è Ele é submisso aos seus pastores.

CONCLUSÃO
Por ter um coração firmado na Palavra de Deus, que está preocupado com o céu, faz sacrifícios que agradam a Deus e respeita seus pastores, podemos dizer que verdadeiramente o cristão tem um coração de ouro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário